Ensaio Amora Photo - Mayara

@xadeamora

13 itens que não podem faltar no guarda-roupas de uma Parisiense e nem no seu

Semana passada eu estava lendo o livro "Como ser uma Parisiense em qualquer lugar do mundo", e entre vários tópicos, achei um bem interessante onde uma das 4 autoras do livro - que inclusive são parisienses (como elas mesmas dizem: "Quem melhor que uma parisiense, para descrever uma parisiense?"), cita os itens essenciais que uma mulher dessa cidade tão incrível deve ter no guarda-roupas, e pra mim, o mais legal é a forma como ela descreve cada um desses itens.
O post parece um pouco longo, mas cada linha vale a pena, eu gostei tanto das dicas que decidi compartilha-las aqui com vocês.

A calça jeans. Sempre, em qualquer lugar, com qualquer coisa. Tire-a de seu armário e a parisiense se sentirá nua.
O sapato masculino. Simplesmente porque sempre te disseram que esse sapato chique e sem salto não era feito para as meninas, e porque você tem o espírito rebelde. Essa, aliás, é a essência do seu estilo.
A bolsa. Não é um acessório, é sua cara, uma zona completa onde você acha tanto um trevo-de-quatro-folhas seco quanto uma conta de luz velha. E se ela é linda do lado de fora, é só manter as aparências. E que ninguém ouse investigar o que tem dentro dela.
O blazer preto. Aquele que dá um estilo elegante a um jeans meio sujo (o que você usa o tempo todo), aquele que você veste nos dias em que não quer fazer nenhum esforço para se vestir bem, sem que o desleixo seja evidente.
As sapatilhas. Devem ser o equivalente ao par de chinelos que você nunca compraria. Você não negocia entre conforto e elegância. Para você, é os dois ou nada. Audrey Hepburn nunca foi vista com um par de sandálias papete.
O lencinho de seda. Ele tem mais do que uma função. Primeiro, confere um toque de cor a uma roupa escura, sem o risco de dar um passo fora da cadência na melodia da moda. Além disso, caso chova, você pode usá-lo para cobrir a cabeça, como Romy Scheneider. E, às vezes, ele também serve para assoar o nariz da sua filha quando acabam os lenços de papel.
A blusa branca. ela é emblemática e atemporal.

O trench coat. Sim, ele não te protege tanto do frio quanto a doudoune, aquele casaco acolchoado à la boneco Michelin. Mas quando vestimos uma doudoune temos a impressão de acrescentar voluntariamente pneuzinhos em volta da nossa cintura.
O cachecol enorme. Justamente porque você não tem uma doudoune. E graças a toda essa sua mise-en-scène, você acaba ficando frio.
O casaco comprido por cima dos ombros. Você usa na manhã depois da festa, como se estivesse enrolada em um edredom. Ele é macio como um ursinho de pelúcia, aconchegante como um ansiolítico, amplo como um biombo. Para os dias em que estamos de mal com o nosso quadril.
Os óculos escuros básicos e enormes. Todos os dias, mesmo quando está chovendo, pois sempre há um bom motivo para usá-los: muita luminosidade, ressaca, choradeira, vontade de criar um ar de mistério.
A blusa larga. Você sempre abre um botão a mais e a deixa um pouco solta para que não fique com um ar sério demais. Em geral, você pegou emprestada do seu namorado, não devolverá nunca mais, e a usará mesmo quando, um dia, estiver nos braços de outro homem. Porque o amor passa, enquanto algumas modas persistem.
A camisetinha simples que custa caro. A contradição guia sua vida como a liberdade guia o povo. Você aceita ceder aos modismos mais populares, mas sem abrir totalmente mão do toque de luxo. Por isso você passa horas procurando a camiseta ideal cuja malha fina e um pouco transparente criará o efeito de uma caxemira.

10 comentários :

  1. A camisetinha simples que custa caro haha! É bem isso, camiseta branca dá pra usar a vida toda se ela for de ótima qualidade, acho que vale a pena. Amei o Post, ela são tão elegantes com coisas básica de um guarda roupas feminino!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada linda! amo camisetas brancas e gostaria que elas durassem em mais mesmo..
      Bjão e volte sempre!

      Excluir
  2. Sou apaixonada pelos casacões sobre os ombros!

    ResponderExcluir
  3. Que criativo teu post <3
    Ao todo, formou uma boa imagem de mulher parisiense! Aquela que é sofisticada e não necessariamente dá bola para tendências. Só me surpreendeu um pouco os sapatos masculinos mas adorei! Confesso que não sou muito fã desse estilo, eles têm seu charme também :D

    Beijocasss
    http://www.garimpoblog.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amo muito esse estilo! Seria legal se fizesse um friozinho tbm..a gente iria arrasar mais ainda!

      Excluir
  4. Se tem uma coisa que não pode faltar, é uma camisa branca, amo camisa branca. <3 Eu sou fã de muitas peças que você citou. Adorei!

    http://iampriscilabritto.blogspot.com.br/
    Beijooos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Priscila!! Tbm amo camiseta branca, não vivo sem!

      Excluir
  5. Genteee que maravilhoso, queria ter dinheiro pra comprar tudo hahahaha as dicas são ótimas, mas é mais pro inverno né?
    To loucaaaa por um blazer preto e compridinho ):
    Amei as dicas
    www.blogrobotomia.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já pensou se aqui fizesse mais frio Mia?? A gente andaria bem mais chic =D

      Excluir